Imagine se os mais de 6,5 bilhes de habitantes do planeta fossem iguais. No teria graa, no mesmo? A diversidade uma das maiores riquezas do ser humano no planeta e a existncia de indivduos diferentes numa cidade, num pas, com suas diferentes culturas, etnias e geraes fazem com que o mundo se torne mais completo. Mas essa convivncia s se torna possvel se as diferenas forem respeitadas. O artigo 2 da Declarao Universal dos Direitos Humanos (DUDH), aprovada na Assembleia Geral das Naes Unidas em 10 de dezembro de 1948, diz que no deve haver, em nenhum momento, discriminao por raa, cor, gnero, idioma, nacionalidade, opinio ou qualquer outro motivo. Segundo o Instituto de Pesquisa Econmica Aplicada (Ipea), a velocidade com que a desigualdade de renda vem caindo no Brasil desde 2001 superior verificada nos Estados Unidos, na Inglaterra e na Sucia. possvel que a extrema pobreza e a desigualdade sejam eliminadas, mas questes fundamentais ainda precisam ser enfrentadas, como a violncia, a prostituio infantil, o trabalho escravo e diversos outros problemas. No Brasil, a proteo e a promoo dos direitos de todo ser humano so articuladas e colocadas em prtica com o auxlio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), da Presidncia da Repblica. Para a defesa dos direitos da cidadania, da criana, do adolescente, do idoso, das minorias e das pessoas com deficincia, so desenvolvidos programas de incluso e postos em prtica os princpios estabelecidos em estatutos. Assim, caminha-se para garantir que a rica diversidade da populao brasileira seja preservada. Em nossa escola, este ano, recebemos mais um presente, a aluna Maria Jlia, do 1 ano A, matutino. Falar de incluso, para ns, mais do que teoria disciplinar, ou apenas um tema transversal. Trabalhar a incluso na prtica enriquece nosso trabalho, e acabamos muito mais, aprendendo do que ensinando. Obrigado Camila e Maria Jlia, vocs nos ensinam todos os dias a importncia das coisas mais simples, vocs nos ensinam todos os dias a importncia de sermos efetivamente HUMANOS. Acompanhe as fotos da apresentao da aluna Maria Jlia nas salas.

Redes Sociais