As avaliações e o sistema de notas

Do Ensino Infantil e 1º ano

O processo avaliativo da Educação Infantil será feito de maneira contínua e processual no decorrer do período letivo, por meio de observação constante do aluno, considerando a atenção, o interesse, o senso de responsabilidade, pontualidade, assiduidade, esforço e progresso do aluno, resguardados a individualidade e o processo de desenvolvimento de cada um.

Do 2º ano ao 5º ano

A avaliação da aprendizagem é feita de maneira contínua e processual, ao longo de todo o período letivo e também através de:

a)Provas, testes, verificações, trabalho de pesquisa, exercícios, trabalhos em equipe, trabalhos individuais e outros;

b) Observação do professor, considerando a atenção, o interesse, o senso de responsabilidade, pontualidade, assiduidade, esforço e progresso do aluno;

c) No 4º e 5º anos são introduzidos de maneira gradativa avaliações nacionais (simulados).

I- Provas As provas acontecerão sempre nas aulas da professora regente e no tempo de cada turma, respeitando-se o ritmo dos alunos. Serão aplicadas sempre nas Quintas-feiras. A pontuação será assim estabelecida:

Em cada bimestre os alunos farão duas provas das disciplinas de Língua portuguesa, História, Geografia,Matemática e Ciências com valor de 4.0 pontos em cada .

Os (2.0) pontos que faltam serão compostos por atividades como projetos,tarefas, seminários, apresentações, pesquisas e outros trabalhos.

As notas de língua inglesa, língua espanhola,Educação Física, xadrez e musicalização serão compostas no decorrer do bimestre,pela participação, interesse, trabalhos de sala, envolvimento, apresentações e outros.

II- Relatórios Os professores fazem a observação de todos os alunos individualmente, anotam todos os itens que julgam importantes no processo de ensino e aprendizagem, contemplando as áreas do conhecimento, as relações sociais e também os aspectos emocionais de cada um.

Ao final do 1º e do 4º bimestre estes apontamentos tornam-se um relatório descrito, com detalhes do processo de construção de cada aluno, com as devidas orientações quando necessárias. Estes são entregues aos pais ou responsáveis e somente a estes juntamente com o boletim de notas bimestrais.

Do 6º ano ao 8º ano

a) Provas oficiais O processo de avaliação foi concebido de maneira que possa colaborar decisivamente para o estímulo ao estudo diário, que é a principal forma do aprendizado efetivo para o aluno. Portanto, tratamos as avaliações como um meio de aprendizado e não como um objetivo final. Assim, incluímos uma prova semanal (testes ou discursiva) na primeira aula da quinta-feira.

Dividimos as provas em três partes:

Primeira parte: avaliação do efetivo aprendizado dos conteúdos do bimestre de uma determinada disciplina, por meio de questões discursivas com graus de dificuldade variados. Os conteúdos avaliados nessas provas devem incluir todos os capítulos estudados no bimestre, isto é, aqueles desenvolvidos entre a última prova discursiva e a semana anterior à prova.

Segunda parte:Teste - é a avaliação do estudo diário realizado por meio de tarefas, com questões de múltipla escolha e também questões discursivas de todas as disciplinas.São aplicados dois testes de cada disciplina no bimestre com valor de 0,0 até 5,0 cada um. Nas disciplinas de Língua Estrangeira e Filosofia são aplicados testes com valor de 0 até 5,0 e o restante da nota composto por atividades em sala.

Terçeira parte - Avaliações Nacionais (Simulados)

1º bimestre - AN1 06 de abril

2º bimestre - AN 2 10 de junho

3º bimestre - AN 3 02 de setembro

4º bimestre -AN 4 04 de novembro

Avaliação Nacional(AN)- São quatro provas de múltipla escolha de todas as disciplinas ao final de cada bimestre corrigidas com base na Teoria da Resposta ao Item(TRI),teoria de correção da prova “NOVO ENEM”.

 Avaliação dos livros - Projeto de Leitura Durante o ano letivo o aluno deverá fazer a leitura dos livros indicados na biblioteca de turma, sendo que as avaliações dos livros serão realizadas na disciplina de Língua Portuguesa.

 

Cálculo das médias bimestrais

Matemática,Geografia, História e Ciências

1 - Nota de zero a dez nas questões de múltipla escolha Nota 

2 - Nota de zero a dez nas questões discursivas.

Média bimestral = ( Nota 1 + Nota 2)/2

Língua Portuguesa

DG - Nota de zero a dez nas questões discursivas de Gramática;

DLE - Nota de zero a dez no Projeto de Leitura DR - Nota de zero a dez na Redação;

T - Nota de zero a dez nas questões de múltipla escolha;

SC - Simulado COC (Avaliação Nacional)

MÉDIA NO BIMESTRE = {[(Nota DG + Nota DR + Nota DLE)/3+ T /2] + SC}

Filosofia

Nota 1 - Nota de zero a cinco nas questões de múltipla escolha (conhecimentos gerais) Nota

2 - Nota de zero a cinco nas avaliações feitas em sala Média bimestral=(Nota1 + Nota 2)/2 Artes

Nota 1 - Nota de zero a dez nas avaliações feitas em sala

Média bimestral = Nota 1

Pontos adicionais e provas substitutivas

A montagem das avaliações é de responsabilidade exclusiva dos professores sob a supervisão da coordenação.

O projeto pedagógico do Master Unidade Boa Esperança possibilita que sejam atribuídos valores diferenciados para as questões discursivas das provas oficiais, e sejam utilizados trabalhos e projetos como parte da nota da prova discursiva.

A)Pontos adicionais Bimestralmente o aluno faz uma avaliação nacional (AN), elaborada por professores do Sistema COC de Ensino, de todas as disciplinas. Acontecem em todas as unidades e escolas parceiras do COC no mesmo horário.

Os alunos recebem um boletim de desempenho considerando todo o universo dos alunos do Sistema COC de Ensino. Dependendo do percentual de desempenho do aluno no simulado, ele poderá receber até 1 pontos adicional em cada matéria.

Exemplos: Desempenho de 12 a 19 acertos: 0,5 ponto adicional

Desempenho acima de 20 acertos: 1,0 ponto adicional

B) Provas substitutivas

Quando um aluno deixa de comparecer a uma ou mais provas, por motivo de doença ou por força maior, ele pode participar da prova substitutiva.

Para participar o aluno deve protocolar requerimento e pagar a taxa correspondente na Secretaria.

OBS: A prova substitutiva não é prevista para as avaliações nacionais (AN). 

 

AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO ESCOLAR AO FINAL DO ANO LETIVO

A) A média final (MF) da disciplina será obtida de acordo com a seguinte fórmula:

MF= (1º BIM x 1 + 2º BIM x 2 + 3º BIM x 3 + 4º BIM x 4):

10 Será considerado aprovado o aluno que na disciplina, área de estudos e atividades obtiver média 6,0 (seis) ou superior e frequência igual ou superior a 75% dos dias letivos.

B)Recuperação

RECUPERAÇÃO (1º ao 5º ano)

O processo de recuperação destas séries é continuo e paralelo, sendo, portanto, realizado durante todo o período letivo.

RECUPERAÇÃO (6º ao 8º ano) Recuperação 6º ao 8º ano

a) O processo de recuperação se destina ao atendimento dos alunos com aproveitamento insuficiente no final de cada período escolar.

b) Será submetido ao estudo de recuperação o aluno com aproveitamento inferior a 6,0 (seis) em qualquer área/disciplina.

c) A recuperação dos bimestres é facultativa para os alunos com média igual ou superior a 6,0 (seis).

d) A nota da recuperação substituirá, quando superior no limite máximo de 6,0 (seis) a do bimestre que estiver inferior à média.

E média 8,0 (oito) no máximo, para alunos com média superior a 6,0(seis). Caso contrário, permanecerá a nota obtida anteriormente.

e) A recuperação final é obrigatória para os alunos com média anual inferior a 6,0 (seis) em um número máximo de até 04 (quatro) disciplinas. A nota para aprovação na recuperação final é 6,0 (seis), não levando-se em consideração a média da disciplina. A nota obtida na recuperação final substituirá, quando superior no limite máximo de 6,0 (seis) a média da disciplina.

f) O aluno que não obtém frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) nas aulas ministradas da disciplina, no período destinado à recuperação final, conforme o caput deste artigo, não tem sua nota substituída conforme parágrafo segundo deste artigo.

g) Os estudos de recuperação serão ministrados pelos professores da turma, ano e disciplina ou por professores da escola devidamente habilitados, designados e orientados pela Coordenação Pedagógica.

h) O período destinado à recuperação no final de cada bimestre será estipulado no calendário escolar, disponibilizado aos alunos por meio do Manual de Pais e Alunos.

i) A carga horária da recuperação de cada bimestre será fixada pela Coordenação Pedagógica de acordo com o Calendário Escolar.

j) As aulas e avaliações da recuperação serão disponibilizadas para os alunos em comunicados específicos, conforme cronograma organizado pela Coordenação Pedagógica.

k) O período destinado às provas finais será estipulado no calendário escolar, disponibilizado aos alunos por meio do Manual de Pais e Alunos.

Redes Sociais