As populações principalmente urbanas, estão buscando cada vez mais um contato maior com os ambientes naturais. A maioria das pessoas busca nestes locais uma oportunidade de relaxamento admirando a beleza.

Entretanto devido às influências do próprio modelo de civilização, o homem tornou-se desvinculado do seu ambiente natural, desconhecendo até os seus mais simples processos. Este desconhecimento e distanciamento determinam também uma grande dificuldade na percepção de que sua atitude ou ação humana corresponde a um efeito sobre o ambiente, seja este natural ou humanizado. Não se sentindo como parte integrante do ambiente, o homem nem percebe os efeitos de suas atitudes, ou quando percebe, não os avalia.

Para reverter esta situação pode-se aproveitar o crescente interesse pelas áreas naturais envolvendo os alunos com adequado programa de Educação Ambiental.

O Projeto “Por dentro do Cerrado” tem como objetivo possibilitar uma compreensão e apreciação mais profunda dos recursos naturais e culturais da região de Nobres, devendo servir também, como veículo para mudanças de comportamentos com efeitos significativos na reorientação de hábitos, atitudes e valores.

A região de Nobres constitui-se em um local ideal para implantação de projetos de Educação Ambiental, uma vez que representa um verdadeiro laboratório natural, fonte inesgotável de meios que facilitam a compreensão do lugar do homem na natureza.

Porém, é importante considerar que os alunos que estarão participando deste Projeto não esperem encontrar apenas locais para recreação, relaxamento e inspiração, e sim, locais para leituras, interpretação, ensinamentos e reflexão sobre a nossa vida, sobre a atuação do homem no contexto do planeta terra.

Para conciliar a recreação com a educação, criamos o projeto “Por dentro do Cerrado”, para que nossos alunos possam ter a oportunidade de conhecer, interpretar e refletir sobre a importância de preservar e conservar o Cerrado, o ecossistema mais importante de toda a região central do Brasil, pois aqui nascem os rios formadores de 3 principais bacias brasileiras: Platina, Amazônica e Tocantins - Araguaia.

 

Redes Sociais