Heitor é um menino que sempre leva consigo folhas de papel e uma caneta azul. Por onde passa, ele observa e copia as palavras, imaginando que, ao reuni-las, poderá criar uma grande aventura. Porém, um dia descobre que não só de palavras se faz uma história, mas também de imaginação, sonho e fantasia. E é com essa descoberta que o pirata de palavras se torna pirata de aventuras. Neste livro, Jussara Braga brinca com palavras e rimas, proporcionando ao leitor a invenção da linguagem e o despertar da imaginação.

Redes Sociais