O Colégio Master Unidade Boa Esperança se firma nas boas experiências, bons projetos e muito empenho para formar cidadãos e construir crianças e jovens saudáveis emocionalmente e preparados para o futuro.  

 

A Escola contribui para que a infância seja vivida de forma intensa e prazerosa no presente, período em que a pessoa constitui sua identidade, constrói valores, conhecimentos e significados, desenvolvendo seu potencial individual e coletivo. Como isso se dá a partir e nas relações que estabelece com o ambiente físico e social, a educação infantil fornece elementos para enriquecer esse processo.

A construção da autonomia e da cidadania da criança passa pela liberdade de escolha, pelas brincadeiras sadias, pela boa convivência, na possibilidade de fazer bons pares educativos, com colegas e educadores.

Assim, as crianças constroem o conhecimento a partir das interações que estabelecem com as outras pessoas e com o meio em que vivem, e este é fruto de um intenso trabalho de criação, significação e ressignificação.

A alfabetização é o processo natural que se inicia desde as primeiras leituras de mundo, da leitura das linguagens orais, gestuais, simbólicas, cênicas, da plástica, das ciências e das relações sociais. Alfabetizar com significado para ler o mundo e compreende-lo.

O Colégio Master Boa Esperança ama e respeita a cidade que o acolhe... mostra isso no projeto Cuiabanidade, estuda e reflete todas as questões sociais e ambientais de Cuiabá. A forma de viver aqui hoje e o respeito pelo viver de ontem, as boas lembranças das varandas, dos frutos, do peixe, dos banhos de rio, de um tempo bom que não volta mais.

Oportuniza aos alunos conhecer e admirar a arte cuiabana, a alegria das cores, as nuances da luz do sol refletida nas imagens, as esculturas e os painéis que mostram o trabalho dos artistas cuiabanos, valorizando os frutos da Terra, todos aqueles que fizeram e fazem a história em Cuiabá.

A leitura é uma constante, acredita-se que o ato de ler é fundamental na formação do cidadão, ler para construir concepções, compreender melhor o mundo, formar leitores que se posicionem de forma consciente, crítica, frente as informações, por isso o projeto ciranda do livro está em todas as turmas, ler para aprender, ler para construir, ler por prazer, ler para exercer a cidadania.

As aulas de campo mostram e constroem reflexões de cuidado e preservação. Pantanal, Jaciara, Nobres, Chapada dos Guimarães, são os cenários para aprendizagem e reflexões.

A educação ambiental está presente na sala de aula e fora dela, pensar e refletir as relações, a boa convivência, o respeito. Sustentabilidade nas ações, nas ideias, no bom uso dos recursos naturais, nos projetos educativos. Estudar o reaproveitar, reutilizar, economizar, reciclar, ressignificar, saber que a mãe terra muito nos dá, mas é preciso coerência no bom uso para nada faltar.

Os debates e códigos de boa convivência, formam para a cidadania de forma integrada, nos preocupamos em formar para a vida. A cidadania é um dos tripés da proposta pedagógica, não é possível ensinar a democracia sem vivê-la no dia a dia. Os alunos dão opinião, escrevem, avaliam, participam da elaboração de alguns projetos, se posicionam no exercício constante para aprender a bem viver e conviver com toda a pluralidade e singularidade existente.

A arte permeia todos os projetos, as cênicas apresentadas no espaço escolar encantam os pequenos e os grandes, com suas lindas histórias. O teatro vem para dentro da escola ensinar de forma lúdica a representação da vida no palco.

As danças coreografadas ensinam o valor do corpo e da mente, sensibilizando a todos.

As plásticas estão no cotidiano, o desenho e a criação com os refugos embelezam os espaços da escola. A visita aos museus, as galerias, ensinando e educando o olhar para o belo e para a estética.

A música e a flauta é uma constante, tocar, cantar e se expressar-se musicalmente

O projeto Solidariedade envolve a escola toda. Mãos que se abrem para doar, encontram mãos sedentas, carentes, sofridas e muitas vezes desesperançadas. Acreditamos na importância do 1 a mais que faz a diferença. As sacolas vão e vem carregadas de carinho e amor, sentimentos fraternos que sensibilizam e deixam as crianças felizes por contribuir. Muitos vão ganhar, mas principalmente aqueles que doam, que aprendem a repartir e que se dão nas coisas boas que fazem.

A festa da família constrói valores, responsabilidades, ensina a conviver, a se valorizar, a trazer para fora o artista que todos têm por dentro, criando compromissos amorosos entre os familiares.

A cada ano um tema, uma reflexão, um pensamento, todos envolvidos nas ações solidárias por um mundo melhor.

O colégio Master Boa Esperança é isso e muito mais, é uma escola para todos, alunos, pais e professores. É uma família com cara de escola, é uma escola que você se sente em família.

Redes Sociais