Hoje recebemos a visita desta linda aranha na escola.Para não colocá-la em risco o professor Fanaia a soltou em um lugar seguro.Antes da despedida uma aula de biologia.
Observação importante aos nossos alunos : Nunca se esqueçam que embora mais "amigáveis", no caso de se sentirem ameaçadas não irão hesitar em ferrar! Não tentem pegá-la sem conhecer a técnica para tal.E também não matem o animal.Chame alguém que possa tirá-la com segurança.Fica a nossa dica !

Classificação:

Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Arachnida
Ordem: Araneae
Família: Theraphosidae

Informações e características principais:

- A caranguejeira, também conhecida como tarântula, é uma espécie de aranha de grande porte. Possuem, em média, um tamanho de 20 cm, podendo chegar até 30 cm.

- As fêmeas podem viver até 20 anos de idade, enquanto os machos vivem até, aproximadamente, 7 anos, pois morrem após o acasalamento.

- Possuem um corpo revestido de pêlos na cor marrom, patas longas e duas garras.

- Seu sistema de defesa, contra predadores, consiste na produção de uma substância urticante nos pêlos. Produzem também toxinas que, embora sejam fracas ao homem, podem ser perigosas caso a pessoa tenha uma alergia.

- Alimentam-se de pequenos animais, principalmente insetos. Podem ficar vários dias sem comer.

- As caranguejeiras possuem hábitos noturnos e vivem de forma solitária.

- A reprodução ocorre através do acasalamento, quando o macho introduz espermas na fêmea. Esta produz de 50 a 200 ovos. Ao nascerem, os filhotes saem da toca para viverem de forma independente.

- Constroem suas tocas próximas a raízes de árvores e pedras. Cavam um buraco no chão e revestem com suas teias. Desta forma, conseguem manter uma temperatura adequada para sua sobrevivência.

- Podemos encontrar esta espécie de aranha em países da Ásia, África e América.

Redes Sociais