Pular para o conteúdo

Umutina

Projeto Umutina

Os 7º anos estudam a formação dos povos, os índios, negros e suas culturas. Por isso, criamos o Projeto Umutina, que se resume em uma viagem à aldeia com o objetivo de conhecer e conviver por umas horas com etnias diferentes para valorizar a cultura plural do povo brasileiro. A aldeia Umutina está localizada em uma área de reserva indígena entre o rio Paraguai e rio dos Bugres, no município de Barra do Bugres, a 150 km de Cuiabá. Os Umutinas quase foram extintos, passaram por um processo forçado de aculturamento, deixando seus costumes e até sua língua. Só restaram alguns idosos, que trazem consigo a língua Umutina. Integrou-se neste espaço mais oito etnias. Eles vivem entre as duas culturas. Suas casas são construídas em alvenaria, madeira e barro. As construções rústicas dividem o espaço com antenas parabólicas e postes de energia elétrica. Pelas ruas de terra da aldeia circulam motocicletas entre vacas e cavalos que pastam livres. Atualmente, seu grande desafio é conseguir sobreviver como cultura, com sua identidade, como um povo indígena e também integrado ao mundo globalizado. Eles apresentam danças e falam da sua cultura aos alunos, mostram seu artesanato e falam das dificuldades e também do sucesso daqueles que estudaram e são professores hoje na aldeia. É uma rica aula de valorização do nosso povo.

Imagem de destaque do projeto